Flutuam sonhos com o vento Palavras que vão sem volta Murmúrios que a ninguém toca Anseios procede o tempo Feliz descontentamento Contente na voz do triste Vivendo com um dedo em riste Que insiste em julgamentos Com o vento se vão desejos...