Por Fernanda Quevedo

DSC00747

Apresentação do Ponto de Cultura Pixaim (MT)

Dando continuidade a programação da Teia de Ações – Conceito e Práxis, aconteceu hoje pela manhã o Seminário “A importância das redes para sustentabilidade do empreendedorismo”. Como não poderia deixar de ser, os “ponteiros” compareceram em peso na discussão e o tempo parecia ser pequeno para a grandiosidade do tema: a comunicação em rede para o escoamento dos produtos dos Pontos de Cultura.

Que (se) comunicar é importante, isso todos nós sabemos. Porém, as formas para que isso aconteça de maneira produtiva e tragam visibilidade aos produtos dos pontos de cultura não é de conhecimento de todos, e não apenas por falta de informação ou coisa do tipo, mas porque se comunicar não é uma tarefa simples, ainda que a façamos a todo o momento.

4466786429_aa2034e944

A comunicação não acontece apenas nos veículos de comunicação como este aqui, embora os veículos são extremamente importantes para o escoamento das produções. E mais, os ponteiros destacaram ainda a necessidade de se comunicar politicamente (não partidariamente), para que toda e qualquer roda de conversa, seja um espaço que crie a oportunidade para a circulação dos produtos dos Pontos de Cultura.

Um fato notório da discussão foi que vários ponteiros ainda não tinham conhecimento em economia solidaria, mas comercializam e trocam seus produtos, não se utilizam das formas taylorista e fordista de produção, e sabem que não vão enriquecer “fazendo” Cultura, o que demonstra, de forma mais objetiva, a necessidade de comunicação.

Os Pontos de Cultura tem um desafio pela frente enorme pela frente: se comunicar e em rede!

Be Sociable, Share!

Tags: ,