Localização e serviços

Ir e Vir na TEIA da Diversidade: pontos importantes, hospedagem, transporte e espaços culturais de Natal

Espaços do encontro

De 19 e 24 de maio, a TEIA da Diversidade acontece no anfiteatro do Campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e no Campus Cidade Alta do Instituto Federal do RN (IFRN). Localizados em pontos extremos de Natal, o acesso é fácil e próximo a shoppings, hotéis, pousadas, restaurantes e espaços culturais. A UFRN está localizada às margens da BR 101 no início da Avenida Salgado Filho, uma das principais da cidade e vai sediar palestras, oficinas, a Feira da Economia Solidária e Criativa, o Fórum Potiguar de Comunicação, o Fórum Nacional dos Pontos de Cultura Indígenas, além das apresentações da Mostra Artística. A TEIA acontece no arredores do anfiteatro do Campus, além do Centro de Convivência. Do outro lado da cidade, já na Cidade Alta, acontece no IFRN- Instituto Federal do RN o outro pólo de concentração da TEIA.

Campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (RN)

FOTO1
S/N – Lagoa Nova

 

Como chegar

O Aeroporto está a aproximadamente 30 km do Campus. De táxi é possível ir de lá até a UFRN por R$ 40 em média. Também é possível tomar um ônibus intermunicipal até o entorno da UFRN, da empresa Trampolim da Vitória, Linha “A”.

A Rodoviária está localizada na Zona Oeste de Natal. A corrida custa, em média, R$ 22,00. Alguns ônibus fazem o trajeto em direção ao entorno da UFRN (Ônibus 30; 31; 08; 63 e o 63 CAMPUS, que passa dentro do Campus da UFRN).

O acesso ao interior do Campus é realizado a partir de um ônibus Circular gratuito. A parada dessa linha fica ao lado do Shopping Via Direta. Para quem está na zona sul da cidade é possível tomar um ônibus em direção ao Shopping Via Direta e encaminhar-se em direção à parada do ônibus Circular, à direita do Shopping. Para aqueles que estão nas zonas leste, oeste, norte e centro da cidade é possível tomar um ônibus em direção ao Natal Shopping (que fica em frente ao Shopping Via Direta), atravessar a passarela de pedestres e encaminhar-se em direção à parada do ônibus Circular.

Transporte

Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN)

FOTO2
Avenida Rio Branco, 743, Cidade Alta

 

+ Informações úteis

Praça Largo da Ribeira

FOTO4
Praça Augusto Severo – Ribeira

 

Natal, a noiva do Sol

Conhecida por ser solar, Natal é uma das cidades mais procuradas do Brasil pelos turistas. Entre praias, parques e uma natureza exuberante, a cidade traz em seu nome o nascimento. Fundada em 1599, Natal tem uma área de 167,263 km², e é a segunda capital brasileira com a menor área territorial, fazendo dela a sexta maior capital do país em densidade populacional com 1,3 milhão de habitantes. É nesse espaço que se forma a quarta maior aglomeração urbana do Nordeste, a décima sexta maior região metropolitana do país e a 388ª maior do mundo.

 

Cultura e história

Conhecido como o coração de Natal, o Centro oferece diversas opções interessantes de passeios e entretenimento. Uma das mais bonitas é o Pôr do Sol do Rio Potengi (FOTO) e a Pedra do Rosário. Próximo a essa região, existem opções como o Solar Bela Vista, a Casa de Câmara Cascudo, o Museu Café Filho e Igrejas históricas como a Igreja do Galo, além do Teatro Alberto Maranhão. Com mais de cem anos de existência, o Teatro já abraçou diferentes expressões e conta a história da cidade em seu palco que recebe todos os meses a Orquestra Sinfônica do Estado com apresentações às terças-feiras, às 20h. Além de todas essas referências, a cidade também é representada pela forte cultura popular e sua diversidade cultural que estará representada na TEIA da Diversidade.

Teatro Alberto Maranhão

FOTO3
Praça Augusto Severo – Ribeira

Atrações Naturais

Além das praias de Natal que se estendem entre o litoral sul e norte, o visitante poderá conhecer lugares encantadores como o Parque das Dunas (http://parquedasdunas.rn.gov.br/), considerado o maior parque urbano sobre dunas do Brasil. Com trilhas ecológicas e rica biodiversidade, o parque é um lugar de descanso e pesquisa. Próximo ao parque a cidade oferece o Museu Câmara Cascudo com rico acervo de ciências naturais e antropológicas. O Museu fica aberto de segunda a sexta das 8h às 18h.
 

 

 

 

 

 

 

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar