Lamira leva Do Repente para Natividade

Montagem do espetáculo nas Ruínas da Igreja “Nossa Senhora do Rosário dos Pretos”.

Montagem do espetáculo nas Ruínas da Igreja “Nossa Senhora do Rosário dos Pretos”.

Aconteceu no dia 1 de junho  na cidade de Natividade  o espetáculo de rua “Do Repente”, da Lamira Artes Cênicas. A peça teatral, que traz uma mistura do universo popular nordestino com elementos da Commedia Dell’Arte, foi apresentado nas Ruínas da Igreja “Nossa Senhora do Rosário dos Pretos”.

Além de receber a montagem, as cidades também são contempladas com oficinas gratuitas sobre interação entre teatro e dança e também intercâmbio cultural entre a Lamira e grupos artísticos específicos desses lugares.

“Peça teatral foi traduzida simultaneamente em libras”

Uma das novidades nas apresentações da peça é a participação, ao vivo, de uma tradutora e interprete de libras. A intenção é promover a difusão cultural também entre os portadores de deficiência auditiva. Além disso, os portadores de deficiência visual terão os cartazes e folders adequados às suas necessidades, em Braille.

Espetáculo
O “Do Repente” permite em sua pesquisa cênica de coreografia, figurinos, cenário e iluminação, características que nos remetem à ideia do cangaço, do vaqueiro, dos coronéis, entre outros. Além de músicas que homenageiam a tradição repentista, seja ela no coco de embolada, no aboio, na viola, no martelo agalopado ou no martelo perguntado. O espetáculo traz um universo de sonoridades da cultura popular do nordeste, que sem dúvidas, faz parte da construção da identidade cultural brasileira. A história traz quatro personagens que ao decorrer das cenas usam máscaras para contar os casos da narrativa.
A peça teatral, que tem 35 minutos de duração, é gratuita e livre para todas as idades.

Oficina
A Oficina “A Fisicalidade como Interseção entre Teatro e Dança”, ministrada pelos diretores da Lamira, João Vicente e Carolina Galgane, pretende trabalhar diversos movimentos corporais e jogos teatrais. Isso porque cada vez mais o artista cênico precisa estar munido de várias linguagens para o exercício de suas atividades na cena. Nesse sentido, esta oficina surge para oferecer vivências na área da Dança e do Teatro, numa só atividade, de forma ativa, demonstrando como as duas artes interagem e enriquecem o artista.
Em uma linguagem, lúdica e divertida, a oficina é apresentada sem que sejam necessários conhecimentos prévios e experiências anteriores.

A turnê, que já passou por Arraias e depois vai ser levada também para a cidade de Cristalândia, tem o patrocínio da Petrobras Distribuidora, através do “Programa Petrobras Distribuidora de Cultura”, e realização do Ministério da Cultura e do Governo Federal, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura.Lamira

Informações:  Luana Fernanda – Assessora de Comunicação

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*