Feira expõe artigos do cerrado com produção artesanal da Rede Jalapão

feira-expoe-artigos-do-cerrado-com-producao-artesanal-da-rede-jalapaoNa quinta-feira, 19, foi realizada a Feira dos Produtos do Cerrado, na Praça do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) do Parque Estadual do Jalapão (PEJ). Durante a noite de exposição, visitantes e turistas poderão apreciar e adquirir, entre os artigos do cerrado, vários produtos artesanais da Rede Jalapão.

Conhecido como seu Zé Menininho, o senhor José Batista se orgulha  de dizer que é produtor extrativista e componente da Rede Jalapão de produtos artesanais. Durante a Feira, ele recebeu vários frequentadores e visitantes com muita disposição. Ao longo da conversa, o produtor artesanal fala de cada produto exposto, mostrando a variedade de sua banca.

Entre os artigos expostos nas bancas da Feira, no stand do seu Zé Menininho podia ser encontrada a farinha de jatobá, o doce de buriti, a castanha de baru, o óleo de pequi e o óleo de buriti produzido por uma vizinha do artesão. Ao final da Feira, ele afirmou ter gostado do movimento e além da exposição na lojinha, o produtor deseja que, a partir do mês de outubro, esse modelo de feira passe a acontecer em intervalos semanais.

A supervisora da APA do Jalapão, Rejane Nunes, considerou a iniciativa bastante interessante, pois acredita ser um atrativo aos turistas e uma oportunidade de geração de renda para os produtores. Para Rejane Nunes o momento também se tornou um entretenimento agradável, no encerramento da programação do dia do cerrado, iniciada em 11 de setembro, pois recebeu a visita de várias famílias.

A Feira contou com apoio da Prefeitura de Mateiros, da Secretaria de Educação e Cultura, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Turismo, da Escola Estadual Estefãno Teles das Chagas e de empreendedores do setor de turismo no Jalapão. E também contou com a parceria do Governo do Estado por meio do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), do Parque Estadual do Jalapão (PEJ) e da Área de Proteção Ambiental (APA do Jalapão).

Rede Jalapão

A Rede é formada por famílias e busca incentivar a produção artesanal para promover a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais da região, a geração de renda, a segurança alimentar e a gestão comunitária como alternativa para as famílias da zona rural.

As famílias integrantes da Rede produzem doces do fruto do buriti; óleos extraídos do pequi e buriti; farinha de jatobá; castanhas de sementes como o baru. Também são produzidos artigos utilitários e ornamentais como quibanes, cestos, tapetes, esteiras e redes, feitos a partir do talo e fibras do buriti e de tabocas. Os componentes recebem apoio da equipe do PEJ, orientações sobre a colheita dos frutos do cerrado e incentivo ao aproveitamento de outros produtos existentes na região.

Criada em 2007, a Rede conta com apoio do Naturatins, dos colaboradores da Onça D’água – Associação de Apoio das Unidades Conservação, PPPEcos – Programa de Pequenos Projetos Eco-sociais, GEF – Cerrado, União Europeia, ISPN –Instituto Sociedade População e Natureza, entre outros parceiros.

Esta entrada foi publicada em Cultura, Economia Solidária, Observatório Cultural. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*