Curtas Transversalidades

Abaixo apresentamos 10 dos 16 audiovisuais* que estarão no Cineclube Transversalidades:

1) Caramba Carambola (Documentário poético que passeia pelas possibilidades de criar cultura infantil dentro das instituições públicas de ensino. Seu objetivo é contribuir para a formação do educador da infância, ajudando-o a compreender a importância de garantir tempos, espaços, materiais, relações para a brincadeira acontecer no dia a dia das escolas, e possibilitando-lhe buscar soluções simples). Direção: Olindo Estevam, 2013. Classificação Livre.

2) O Último Raio de Sol (história de dois jovens da alta classe brasiliense, que numa viagem à Chapada dos Veadeiros, se divertem ameaçando e desmoralizando pessoas de classe social inferior que a deles e que pedem carona na estrada). Direção: Bruno Torres, 2004. Classificação 14 anos.

3) Oficina Perdiz (Perdiz instalou sua oficina mecânica em uma área pública na cidade planejada de Brasília (Brasil), no ano de 1969. Há 17 anos abriu seu espaço pela primeira vez para o teatro com Esperando Godot de Becket. E não parou mais. Hoje permanece no mesmo local, dividido entre peças mecânica e teatrais. Entretanto, continua irregular). Direção: Marcelo Díaz, 2007. Classificação livre.

4) Sob o Encanto da Luz (Respiração. As águas sempre guardam um segredo. Um salto. O profundo e a luz. E com um sopro o tempo pode parar). Direção: Dirceu Lustosa, 2005. Classificação 14 anos.

5) Bem Vigiado (Bira vigia carros. Josiane vende balinha no sinal. Daqui da janela dá pra ver que eles se gostam). Direção: Santiago Dellape, 2008. Classificação 14 anos.

6) Sequestramos Augusto César (Com dívidas no banco e um agiota em seu encalço, Marcão resolve armar o falso sequestro de seu velho amigo). Direção: Guilherme Campos, 2004. Classificação 14 anos.

7) Brasil S/A (No Brasil dos últimos 500 anos, Edilson esteve cortando cana-de- açúcar. Um dia, as máquinas chegaram e ele deixou o corte para se engajar em sua primeira missão espacial. Um pequeno passo para ele, um salto enorme para o Brasil). Direção: Marcelo Pedroso, 2015 – longa-metragem. Classificação 16 anos.

8) Do Lado que me Olhas (O que é não pede para ser, simplesmente é. Em Porto Alegre, sete pessoas oferecem suas perspectivas sobre uma importante realidade desconversada). Direção: Ana Carolina de Azevedo e Helena Sassi, 2014. Classificação 16 anos.

9) Depois que te vi (Gustavo é um jovem autista que trabalha na farmácia do tio. Ele cumpre metodicamente sua rotina, mas isso muda quando ele sai para fazer uma entrega e vê uma menina passar de bicicleta. A partir daí seu foco passa a ser essa nova paixão). Direção: Vinícius Saramago, 2016. Classificação livre.

10) Cultura e Renda – Preservação e difusão da renda de Bilro (A renda dos Morros da Mariana sempre foi muito conhecida dentro do segmento artesanal do Piauí, mas não havia organização, não tinha um grupo formalizado. Foi realizado um trabalho com a comunidade, conscientizando e fazendo mobilização. Foi um processo longo de capacitação na questão do associativismo, gerenciamento, pra que elas tivessem preparo pra gerir seu próprio negocio). Direção: Victor Menezes, 2009. Classificação livre.

*Poderá haver alteração de títulos sem aviso prévio. Ao longo do projeto, divulgaremos os outros títulos.

FAC_Marca_RGB_Cor vertical (1)

Logo_SEC_v1.2_RGB_Vertical_Principal

Este post foi publicado emProjetos. Bookmark o permalink.Este conteúdo está fechado para comentários, mas você pode deixar um trackback:Trackback URL.
Pular para a barra de ferramentas