Como conciliar a cultura digital com a mais clássica nas empresas

Como conciliar a cultura digital com a mais clássica nas empresas

 

O mundo digital inunda todos hoje em dia. E no meio desse mundo, há quem sonhe em se arriscar no mundo digital e explorar a cultura digital por um lucro. Uma das indústrias para abraçar o espaço online é a indústria de apostas. Você pode tentar a sua sorte com a Betfair Brasil a qualquer momento. A próxima Copa América será um evento emocionante para testar suas previsões

Contudo, muitas destas ideias e formas de as por em prática parecem, aos olhos dos empreendedores clássicos e das companhias atualmente existentes dos modelos clássicos de negócios, algo alienígena e estranho. E na sua visão, não estão erradas. Muitas delas sobreviveram e prosperaram no seu meio e na sua visão de negócio graças à sua cultura mais tradicional e mainstream. Essas culturas precisam de ser mantidas e fortalecidas, pois poderão ainda ser muito uteis conforme nos inundamos na era da cultura digital.

E dessa cultura mais tradicional, aspetos há que devemos transportar para uma empresa que pense em se digitalizar-se, se quer ser bem-sucedida. Dentro destes aspetos temos a obsessão com o cliente, a continua demanda por resultados mensuráveis, atuação com integridade, almejar por predicabilidade e fiabilidade nas interações com os funcionários e com os stakeholders, e seguir um código fixo de regras.

Estas regras ajudarão a obter melhores resultados mesmo numa era mais digitalizada, pois não perdemos de foco os pontos importantes de qualquer negócio: os clientes e os seus desejos, a exigências e satisfação dos stakeholders, e a manutenção de processos de avaliação de qualidade e de rendimento.

Mas a estes podemos e devemos anexar ideias novas do mundo da gestão digital, tais como a rápida experimentação, aprendizagem dos resultados obtidos e aplicação de novas ideias, organização a todo o nível da empresa, processamento de dados para tomada de decisões.

O uso das ferramentas da era digital tambem são importantes para a dinâmica de uma empresa que se quer pertencente e mergulhada na cultura digital. Conferencias em tempo real por meios digitais, devem ser a norma, e não a exceção, pois o tempo perdido em deslocações pode ser rentabilizado em outras coisas, como em analisar os dados mais recentes, obtidos através das mais recentes redes de comunicação, e utilizando as últimas ferramentas de analise de dados para que possa tomar as melhores decisões para a sua empresa.

Por isso, podemos concluir que a nível de cultura dentro de uma empresa, em particular de uma empresa virada para era digital, é importante abraçar os novos conceitos da mesma, para se manter competitiva. Mas para o fazer, não poderá também esquecer alguns traços da cultura mais tradicional, que servirão para fortalecer a dinâmica da sua empresa. Há que reter os valores fundamentais, enquanto se buscam formas de inovação.

Por isso, e como dicas finais, não se esqueçam de construir praticas que destaquem a vossa empresa digital das restantes, através da inovação e experimentação, preservem práticas que mantem a integridade unitária da empresa e a sua estabilidade, reorientem aquelas práticas otimizadas da cultura pré-digital para a vossa nova cultura, foquem o vosso modelo de negocio em algo com impacto radical, dê oportunidade para todos os membros poderem dar o seu contributo e ideias de forma construtiva, e finalmente, mantenha-se atualizado no que diz respeito às tecnologias de informação e organização de empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*